10 formas de lucrar na internet: tudo sobre negócios online

Tempo de leitura: 19 minutos

Sumário

O mundo digital oferece uma série de possibilidades para quem pretende abrir um negócio online ou mesmo expandir algo que já possui.

Pra começar, dá pra afirmar que esse percurso é bem menos custoso do que seria se a loja fosse física.

Afinal, negócio online é toda a transação que começa e termina no ambiente virtual, ou seja, é uma venda realizada pela internet, que acaba funcionando como um canal de contato entre quem oferece e quem tem interesse.

Para aqueles que já atuam como prestadores de serviço e ainda não tentaram navegar por esses mares, está na hora de abrir a cabeça para a realidade virtual.

Consumidores correram para a internet

Muito em razão da pandemia, a tendência em consumir, exclusivamente, pela internet, se tornou uma atitude comum rapidamente.

O número de consumidores que escolheram esse caminho para adquirir produtos e contratar serviços foi o maior dos últimos anos.

Uma pesquisa da Conferência Nacional da Indústria (CNI) traz dados interessantes sobre os negócios na internet, do ponto de vista do consumo.

Em seis anos, o número de brasileiros que compraram no ambiente virtual dobrou de 23% em 2013, para 42% em 2019.

Somente no e-commerce, o mais conhecido dos negócios online, aquele que vende produtos, em 2020, foram mais 13 milhões de brasileiros realizando compras.

O número é 29% maior que o de 2019, de acordo com o relatório da Webshoppers 43.E não se trata somente de vender ou revender produtos físicos.

Foto de Moose Photos no Pexels

Há também uma variedade de ofertas que também se consolidaram no período pandêmico. São oportunidades como serviços, conteúdos, streaming, consultorias, aplicativos, entre outros.

Exemplo disso é o consumo de streaming, plataformas que oferecem dados multimídia de forma online, sem a necessidade do usuário baixar a informação para assistir.

A quantidade de pessoas que acessaram esse conteúdo subiu 73% em relação a 2020, conforme estudos da Kantar Ibope.

Quem não se lembra da enorme quantidade de Lives com palestras e shows online no início da pandemia?

Ou seja, se ainda há dúvidas de que dá pra ganhar dinheiro na internet, vamos te apresentar quantas formas podem ser desenvolvidas para fazer um negócio lucrar.

Produzir conteúdo

Muito se fala sobre e-commerce, o comércio eletrônico de venda de produtos, mas o negócio online vai além dessa opção.

Aliás, cada vez mais se observa o crescimento do consumo de conteúdo, seja em blogs ou em redes sociais, e a monetização desses espaços já é realidade

Isso porque, tanto os provedores quanto as marcas já compreenderam que ali estão consumidores que publicam opiniões e influenciam outros clientes.

E no meio disso tudo, estão as pessoas que produzem conteúdos para tornarem-se influenciadores de comportamento.

Foto de George Milton no Pexels

São essas pessoas que conquistam o olhar das marcas e acabam lucrando com isso. Tanto as plataformas pagam por quantidade de views (visualizações), como as marcas pelo retorno da publicidade.Essa, portanto, é uma das maneiras de fazer negócio na internet.

A pergunta é: como aproveitar essa ferramenta para vender meu serviço? Que tal criar um perfil profissional e produzir conteúdo sobre o seu serviço?

Um influenciador alcança esse patamar pela quantidade de seguidores da página e engajamentos das publicações.

Para tanto, é preciso investir em conteúdos direcionados ao serviço oferecido e ao público de interesse.

Oferecer palestra online

O conhecimento também é um produto, quando ele é sistematizado e direcionado a um público específico e, principalmente, quando ele é preparado para divulgar o serviço prestado.

Nesse caso, a palestra online pode ser a melhor alternativa para atingir objetivos como:

  • Entregar informação em um formato compacto, tratando de algum assunto que se relacione com a realidade e a pauta atual, para conquistar a confiança de potenciais consumidores, fazendo crescer o nome na área.
  • Realizar network e construir referenciais e diálogo com colegas de profissão, ampliando seu raio de alcance técnico. Nesse caso, as palestras podem vir acompanhadas de outros prestadores e vendidas para empresas ou grupos do setor.

Independente do propósito inicial, a palestra online pode ser a porta de entrada do seu negócio para o mundo digital.

Para isso, o prestador de serviço precisa desenvolver a habilidade de transformar esse conteúdo em produto, em um objeto de venda, como outro qualquer.

Com o conteúdo pronto e a estrutura preparada para a apresentação, é hora de partir para a divulgação do produto. Vendê-lo é que vai torná-lo vantajoso financeiramente.

Criar site

O que, a princípio, parece algo inacessível já não é tão difícil de construir, e pode ser um meio de ganhar dinheiro. Tanto para quem o produz, como para quem possui um site.

Se engana quem acha, por exemplo, que um prestador de serviço não deve ter um site para divulgar seu serviço.

De outro lado, uma empresa praticamente não existirá sem ele. É aquele ditado, quem não é visto, não é lembrado.

Daí a necessidade do mercado em contratar um profissional capacitado para desenvolver um site. E pode-se dizer que esse é um dos negócios online mais lucrativos que existem

Aprender a criar sites não é mais tão difícil, uma vez que ferramentas como a WordPress, tratam de facilitar esse trabalho.

Portanto, é possível lucrar desenvolvendo essas plataformas, assim como também, possuir uma página de serviços e atualizá-la, tornando-a um lugar bem visitado e, por isso, capaz de atrair a publicidade de marcas relacionadas ao tema.

Colocar um site no ar com segurança é fácil quando você tem a melhor hospedagem como a oferecida pela Hostinger. Conte com quem é especialista em hospedagem de site e garanta sua página WordPress sempre no ar!

Cursos online

A pandemia e a exigência dos órgãos públicos em manter a população em isolamento social para diminuir a transmissão do Coronavírus,  transformou o modelo presencial de aulas online.

Ou seja, o formato online não só se tornou a melhor alternativa para que as atividades do dia a dia não parassem, como também acabou levando as pessoas a se acostumarem com as telas.

Ao mesmo tempo em que os cursos presenciais tiveram que se adequar ao novo tempo, os modelos online ganharam a confiança dos internautas.

Nesse contexto, os cursos online tiveram um aumento de oferta e, atualmente, podem ser uma forma de obter algum ganho financeiro na internet.

Os cursos podem ser preparados em forma de pacotes para que sejam oferecidos como produto ao público-alvo.

O segredo aqui é direcionar a divulgação e fazê-la chegar a esse grupo de interesse. Com a venda dos cursos, o lucro é certo.

Para tanto, é preciso trabalhar com uma plataforma, pesquisar qual a mais interessante em alcance e qualidade e, se for o caso, pagar um percentual para hospedar suas aulas.

Criar blog

Uma página de conteúdo específico que pode ser escrita por qualquer pessoa que se interesse em passar conteúdo  na internet.

A criação é simples e exige apenas a compra do domínio para hospedar a página. Mas somente criar a página não é suficiente para ganhar dinheiro.

Para lucrar com o blog é preciso atualizar as informações permanentemente, tratar de assuntos atuais e de interesse do seu público. E, sobretudo, ter um dos melhores temas para WordPress da atualidade que eu uso e recomendo: Épico Premium!

Banner Épico

Não há fórmula pronta, mas a publicidade, que vai gerar recursos para o blogueiro somente vai ocorrer, se o blog ganhar muitas visualizações.

Quanto maior a popularização do blog, maior será o interesse das marca em colocar seu nome na página. Afinal, o que ela quer é se tornar conhecida.

O blog vai funcionar como as páginas de jornal, em que empresas pagam para a divulgação da sua marca.

O mais importante, no entanto, é que nele, o dono vai imprimir sua opinião, sua personalidade, podendo escolher anúncios e links afiliados.

O blog é um negócio rentável e pode lucrar cada vez mais, com uma estrutura e regras determinadas pelo blogueiro.

Vender serviços

O e-commerce consiste em colocar à venda produtos novos ou usados que possam aguçar algum interesse. Concluir a compra implica em fazer o pacote chegar ao destinatário final.

Como então um prestador de serviços poderá entregar seu produto, uma vez que o objeto fim é o próprio serviço?

Fica pra trás o prestador de serviço que ainda não entendeu que a internet é o melhor caminho para ampliar seu público-alvo.

Foto de Karolina Grabowska no Pexels

Isso pode ser feito por meio de uma estratégia bem planejada que alia redes sociais, filiação em sites que reúnem prestadores de serviços afins e anúncio em plataformas digitais de interesse comum.

São muitas as ferramentas que existem para vender seu serviço, e uma boa estratégia de marketing pode reunir algumas delas para tornar seu serviço conhecido.

Atualmente, as redes sociais têm sido o melhor lugar para vender e comprar, assim como o ranqueamento nos sites de busca, que colocam os melhores profissionais na primeira página da pesquisa.

Um estudo sobre o seu cliente, vai direcionar técnica e linguagem mais adequadas para que o consumidor converta a busca em contratação do serviço. Os lucros, com certeza, vao aumentar.

Fazer streaming

Quantas vezes se pensa em gravar um áudio sobre o negócio e sair compartilhando por aí? O carro de som agora está nas plataformas streaming.

Claro que as ferramentas de streaming abrem muito mais oportunidades, e dependendo da maneira que for usada, poderão fazer a mensagem chegar muito mais longe.

Foto de George Milton no Pexels

Um vídeo vai para o YouTube, um som vai para o Deezer ou Spotify, e tudo deságua nas redes sociais, lugar onde apenas a publicação já se transforma em divulgação.

Para anunciar seu produto, vale até aprender a falar para a câmera e fazer upload para a internet.

As plataformas de streaming têm sido cada vez mais buscadas, antes da escolha de um produto ou serviço. Consumidores costumam realizar buscas sobre serviços e produtos também nelas.

Por isso, aprender a operar é o primeiro passo para lucrar com elas. Com esse domínio, será possível ganhar mais, desenvolvendo peças para lançar nas ferramentas.

Ou mesmo lançar seu próprio produto ou serviço. Porque não?

O mais importante é aproveitar as opções que a plataforma oferece para expandir seu negócio online e obter mais dinheiro.

Escrever e-book

Aquela meta de escrever, pelo menos, um livro pode não ser impossível como já pareceu. As possibilidades trazidas pela internet envolvem, entre outras coisas, a elaboração de um e-book.

De quantitativo de páginas menor que o daqueles livros antigos gigantescos, os periódicos digitais apresentam cara e corpo leves, já que possuem um objetivo claro: ser encontrado e lido na tela de um computador ou dispositivo móvel.

Foto de Lisa no Pexels

Por isso também, tem como regra ser escrito de forma objetiva e direta.

O trabalho maior dele é ter disponibilidade para escrevê-lo, uma vez que todo o resto pode ser feito por plataformas de fácil acesso e uso, que divulgam, hospedam e vendem esse material.

A única perda seria pagar um percentual a essa ferramenta que entrega o serviço completo até a conclusão da venda, com envio, inclusive.

Os ganhos serão contabilizados em cima de cada exemplar vendido e sua renda depositada na conta indicada pelo autor.

Profissionalmente, essa opção de negócio online pode ser um salto na carreira do empreendedor que terá seu nome divulgado na rede em vários momentos.

A partir dele, palestras e cursos podem se tornar o produto mais natural e se transformar em um pacote.

A palestra com o autor do e-book será ainda mais valorizada, podendo ser vendida a preços mais altos.

Ou seja, após a produção de um e-book, um nome será construído e mais de um produto poderá ser explorado para alcançar outras ferramentas.

Desenvolver aplicativos

Pensou em mudar o corte de cabelo, existe aplicativo para testar o estilo que mais se adequa ao seu rosto.

Existe aplicativo para tudo que se possa imaginar. Como tirar uma mancha de roupa, organizar seu guarda-roupas, fazer o controle das finanças.

Apesar dessa infinidade de aplicativos já existentes, há sempre algo novo que pode ser criado. Quem sabe essa ideia não é a sua?

Foto de Pixabay no Pexels

Cada um tem sua necessidade, sua rotina, sua maneira de ver o mundo. É dessa labuta diária  que podem surgir ideias que facilitariam um pouco mais a vida.

Esse negócio online está em plena expansão e só precisa de uma ideia muito boa, que possa ajudar pessoas a viverem melhor, possa ajudar a digitalizar alguma tarefa que tome tempo para ganhar algum investimento.

Afinal, nos dias de hoje ninguém mais tem tempo para passar horas fazendo pesquisas em sites de buscas ou agenda telefônica, o app te coloca a um clique de uma solução para seu problema.

O consumidor da atualidade quer agilidade na busca, perfeição na experiência e rapidez na entrega do serviço.

Assim, desenvolver um aplicativo útil pode ser o caminho para ganhar dinheiro na internet. Para tanto, que tal imaginar algum app que ainda falta na nossa rotina?

E-commerce

Chegamos ao que é sucesso na internet, a venda de produtos. Com um aumento de mais de 50% nos últimos anos, os consumidores online resolveram, enfim, apostar na internet para realizar compras.

Claro que o movimento aconteceu mais rápido do que previram os estudiosos, em razão do período pandêmico em que vivemos.

Foto de Pixabay no Pexels

O fato é que nesse ínterim, as formas de se transacionar na internet foram sendo diversificadas.

Exemplo disso, é o MarketPlace, uma espécie de shopping da internet, que reúne inúmeros empreendedores e empresas em troca de um percentual sobre as vendas.

Em contrapartida, o envio, a entrega e a divulgação dos produtos seguem sendo feitos pelo gestor do shopping online, que utiliza sua marca para gerar credibilidade ao seu cliente

Por isso, o comércio eletrônico tem crescido cada vez mais, em quantidade de acesso e de conversão em compras.

O MarketPlace tem avançado muito no que ainda gerava desconfiança ao consumidor: a entrega.

Com prazos menores a cada dia, os clientes passam a olhar o negócio com bons olhos, e acabam deixando o medo de não receber o item de lado.

Assim, a internet garante vendas aos empreendedores e uma entrega rápida aos clientes.

O melhor das notícias, é que nesta plataforma, o empreendedor poderá realizar sua venda sem a necessidade de investir recursos em  sites, páginas e transportadoras, reduzindo assim seu custo..

Por todos esses motivos, esse negócio vive um momento de expansão e consolidação que pode agregar sempre mais produtos.

Por onde começo?

Depois de ler tantas opções de negócio online, chegou a hora de decidir como você vai ganhar dinheiro na internet.

Vamos tratar, portanto, de orientar aquele empreendedor que já atua como prestador de serviços fora do ambiente virtual, e ainda vê entraves para se adequar ao novo modelo.

Defina o que irá ofertar

O prestador de serviços, geralmente, oferece uma gama de trabalhos afins. No ramo da estética, por exemplo, o guarda-chuva é amplo e é possível explorar quase todas as ferramentas online. A esse respeito, veja no menu do nosso blog os cursos gratuitos que separamos para você, todos exploram diversas ferrramentas online.

A depender da especialidade do empreendedor, as opções de serviços são muitas:  cursos online, streaming, palestras, blog e site.

Foto de Roberto Nickson no Pexels

Diante disso, o primeiro passo é definir qual deles será oferecido ao cliente para, então, desenhar uma estratégia de ação na internet.

Mas isso não pode ser feito sem que se tenha conhecimento de qual é a demanda que existe nesse universo online. Ela pode ser diferente da presencial e,por isso, deve ser investigada.

Busque o público-alvo

A quem interessa um curso de micropigmentação de sobrancelha online, por exemplo? E uma palestra sobre depilação específica?

A área de estética deixou de ser exclusiva para mulheres jovens. Mulheres maduras e homens podem ter interesse, mesmo que seja para não se profissionalizar no setor.

Essa, inclusive, deve ser outra escolha. O curso será para profissionais ou para leigos que desejam apenas utilizar a técnica em si mesmo?

Foto de Ivan Samkov no Pexels

É preciso responder todas essas perguntas com cuidado e cautela para evitar equívocos mais adiante.

Vale ressaltar que esse nicho não vê crise econômica, uma vez que as pessoas não abrem mão dos cuidados com sua aparência. Sendo assim, é fundamental definir seu público-alvo.

A título de pesquisa e conhecimento, procure ver os cursos online que disponibilizo, pois em cada um deles há já um público-alvo bem definido. Assim, além de conhecer e fazer os cursos, você poderá aprender também como definir o seu próprio público-alvo estudando as páginas de divulgação dos cursos selecionados.

Como posso comunicar

Os negócios online podem te ajudar muito nesse percurso, já que a internet oferece uma gama de possibilidades.

Um site, uma página nas redes sociais, um blog, cursos, palestras. É possível usar todas essas ferramentas para ligar seu serviço ao seu cliente.

Para isso, no entanto, é preciso criar uma estratégia de marketing digital, capaz de utilizar a plataforma mais indicada. Aliás, veja os nossos artigos sobre marketing, clicando aqui.

Essa sinalização também vai ajudar o empreendedor a usar a linguagem mais adequada para aquela determinada ferramenta.

Leis da internet

Dizem por aí que a internet é um mundo sem lei, mas isso não é verdade,especialmente, para quem possui negócios online.

Há, por exemplo, uma Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que entrou em vigor em agosto de 2020, com o objetivo de proteger os dados pessoais de quem navega pelo mundo digital.

É importante conhecer a legislação para realizar ações que não infrinjam as cláusulas de proteção à privacidade dos consumidores. 

Rotina e informação

É preciso estabelecer duas coisas para que o negócio online alcance o sucesso desejado. A rotina de alguém que trabalha em uma empresa acaba sendo imposta por ela, com horários de começo, descanso e fim.

No negócio online essa rotina deve ser seguida com mais disciplina. Isso porque, a internet é um universo envolvente que pode fazer o empreendedor perder tempo com coisas que não agregam ao negócio.

Por isso, é importante seguir a rigor as tarefas que se estabelecem no dia a dia, sem deixar que o entretenimento e assuntos aleatórios entrem nesse meio e o distraiam do que é fundamental: a venda do seu produto.

Buscar informações

A busca por informações deve estar dentro do planejado para as atividades de trabalho do dia.

O empreendedor de negócio online deve saber o que está acontecendo no mundo que envolve seu negócio, no mínimo.

O que implica, muitas vezes, em ter uma visão geral do mundo e do país em que está situado, para trazer para o seu ambiente.

O universo da internet exige atualização diária. Assuntos e temas em alta podem ser boas oportunidades para seu negócio.

Quer aprender mais?

Que o mundo digital está consolidado e cheio de oportunidades não dá pra negar. Mas se todo esse conceito sobre negócios online ainda te assusta, posso garantir que existe uma solução viável e eficiente para você, esteticista que presta serviços presenciais.

O seu conhecimento aliado à disposição em expandir seu negócio, são as ferramentas que você precisa para estrear no ambiente virtual.

Se ainda assim, não se sente preparado, investa no Fórmula Negócio Online do Alex Vargas. Depois dessa experiência, você sairá pronto e seguro para seguir expandindo seu negócio.